Congresso da Zona da Mata de Segurança do Paciente tem participação do HMTJ

Com mais de 500 inscritos, aconteceu, nos dias 16 e 17 de novembro, o 4º Congresso da Zona da Mata de Segurança do Paciente com transmissão on-line a partir de auditório do Centro de Estudos Monte Sinai. Uma iniciativa dos Hospitais Monte Sinai, Therezinha de Jesus (HMTJ) e Suprema, o encontro reuniu um time de peso em torno do tema “Segurança do Paciente é um diferencial ou uma realidade atual?”

O Diretor do Conselho Consultivo do HMTJ, Dr. José Mariano Soares de Moraes fez a abertura e a primeira palestra do congresso com o tema “Traduzindo valor em saúde para a prática assistencial”. Duas palestrantes participaram on-line com temas de enorme relevância. A Gerente de Educação da ONA (Organização Nacional de Acreditação) Gilvane Lolato falou sobre “Perfil e educação dos profissionais para uma assistência segura: as lacunas na formação versus as necessidades do mercado de trabalho futuro” e a Experiência do Paciente foi o tema de Kelly Rodrigues, CEO & Founder da Patient Centricity Foundation.

A partir do auditório, o segundo dia contou na mesa “Aprendizado com o Comitê de Crise” com Eduardo Cezário de Oliveira, Gestor da Qualidade do Hospital Monte Sinai e Fernando Cordeiro Ribeiro, RT Enfermagem do HMTJ. “A importância do Protocolo de AVC na assistência segura ao paciente”, reuniu o neurologista Bruno Barbosa, coordenador da Neurologia dos Hospitais Monte Sinai e HMTJ, e os enfermeiros Pablo Corrêa, UTI Adulto e Daniel da Silva Rodrigues, Emergência do Monte Sinai e Denise Bortolini, da UTI do HMTJ. No encerramento, um tema relevante: o Protagonismo do SCIH frente à pandemia do Covid-19, com Nilmar Corrêa, Enfermeiro do SCIH – Monte Sinai.

As palestras do evento ficam à disposição dos inscritos por seis meses, assim como o certificado on-line para ser baixado da plataforma.

 99 

Comments are closed