A Prevenção da Retinopatia Diabética, em nova campanha de alerta à população, aconteceu no Hospital Maternidade Terezinha de Jesus no último sábado, 19 de novembro, entre 8h e 12h, uma ação de triagem da Retinopatia Diabética. Foram 117 pessoas atendidas que passaram também por avaliação da saúde cardiovascular, com aferição de glicemia, altura e peso, além de pressão arterial.

A promoção foi uma iniciativa em conjunto do HMTJ (com o suporte do setor de Ambulatórios do Hospital), sob coordenação das médicas Glauce Cordeiro Ulhôa Tostes, professora adjunta da Clínica Médica 2 – área de endocrinologia e Coordenadora da pós-graduação em Endocrinologia da Suprema, e da oftalmologista Silvana Vianello, uma das coordenadoras da campanha nacional da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo. Este ano, a triagem contou ainda com apoio da oftalmologista Luciana Rosin Garcia, além das ligas acadêmicas de Endocrinolgia e Oftalmologia da Suprema.

A campanha, sempre realizada no Novembro Azul, como alerta para detecção precoce do diabetes, tem o objetivo de chamar a atenção para a prevenção da perda visual provocada pela doença. A Retinopatia Diabética é uma complicação que ocorre em consequência do descontrole do diabetes, que afeta múltiplos órgãos e, na parte ocular, compromete a estrutura do fundo do olho, principalmente nos vasos da retina, que faz a captação da imagem. Esta lesão pode levar a danos irreversíveis, mas pode ser prevenida em 90% dos casos quando o diagnóstico é precoce. Mas é devastadora quando em estado avançado.

Para atender a todos com qualidade foi feito agendamento prévio e distribuídas senhas para fichamento, a fim de evitar aglomeração, uma vez que o processo de triagem exige um tempo para dilatação da pupila de cada paciente, havendo, assim, um limite de capacidade de atendimento. Todos receberam folhetos explicativos e, ao final do atendimento e do exame de fundo de olho, um laudo que, em caso de necessidade de condução a tratamento, foi entregue ao paciente para acompanhamento com especialista.

 396 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

*

*