Tag Archive: atendimento de urgência

  1. Ministro Marcos Pontes faz lançamento de ensaio clínico em JF com parceria HMTJ/UPA Santa Luzia

    Leave a Comment

    Ministro Marcos Pontes faz lançamento de ensaio clínico em JF com parceria HMTJ/UPA Santa Luzia

    O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), o astronauta Marcos Pontes, realizou nesta terça-feira (30), na UPA Santa Luzia, a ação para o lançamento da campanha #500VoluntáriosJÁ para a participação no estudo clínico com o medicamento nitazoxanida.

    Utilizando inteligência artificial em testes com 2 mil fármacos, o CNPEM, organização social vinculada ao MCTI, identificou cinco remédios com potencial para combater a replicação do novo coronavírus. Um deles, a nitazoxanida, reduziu em 94% a carga viral em células infectadas “in vitro”. Essas duas etapas da pesquisa científica deram suporte para o início dos estudos clínicos com pacientes, a última fase, que busca comprovar cientificamente a eficácia deste remédio no tratamento precoce da COVID-19.

    O MCTI precisa envolver 500 pacientes voluntários para que o estudo seja concluído o quanto antes. E o ministro destaca. “Se tivermos esses 500 voluntários participando, hoje, teremos o resultado em 15 dias. Essa é a nossa agonia. Vemos tanta gente morrendo, tantas famílias perdendo pessoas, e temos na mão uma possibilidade. Mas precisamos da participação das pessoas, de ter esse senso de comunidade. Queremos apresentar ao Brasil e ao mundo que este remédio identificado por pesquisadores brasileiros com recursos do governo federal é capaz de combater o vírus e salvar vidas”. Junto com o ministro Marcos Pontes participaram da solenidade para mobilização #500VoluntáriosJÁ, o prefeito de Juiz de Fora, Antônio Almas, o secretário estadual de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, e o secretário de Políticas para Formação e Ações Estratégicas do MCTI, Dr. Marcelo Morales, alem do médico coordenador do projeto na cidade, dr. Marcos Moura, do Diretor-Presidente do HMTJ, Marco Antônio Guimarães de Almeida e de parte dos membros integrantes do Conselho Diretivo do HMTJ.

    O infectologista Marcos Moura conta com o apoio do Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus (HMTJ). Os voluntários serão sensibilizados a partir do Pronto Atendimento da UPA Santa Luzia, que tem gestão do hospital. Dr. Marcos explica que o teste RT-PCR é feito de forma gratuita para quem desejar participar do ensaio. O medicamento também é fornecido pelo projeto.”O objetivo final é avaliar a carga viral, os sintomas respiratórios, a taxa de internação hospitalar e os parâmetros inflamatórios num determinado período de tempo, entre o primeiro e o oitavo dia, que abrange a procura inicial e o retorno do paciente com Covid-19, após tratamento com nitazoxanida por cinco dias comparado ao placebo”, explica ele. O paciente voluntário toma a medicação em casa e retorna no quinto dia de tratamento, quando faz nova bateria de exames. Neste prazo, ele tem o suporte assistencial por parte da UPA com orientação e acompanhamento médico.

     34 

  2. Restrições de atendimento em função do Coronavírus (Covid-19)

    Leave a Comment

    Restrições de atendimento em função do Coronavírus (Covid-19)

    O Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus, diante do surto do novo Coronavírus (Covid-19) em todo território nacional, decide as seguintes medidas visando reduzir o fluxo de pessoas e restringir a propagação da doença:

    • O atendimento no ambulatório de atendimentos especializados (consultas e exames) está suspenso (a partir de 17/03/2020);
    • As visitas às unidades de internação (enfermarias) ocorrerão às quartas-feiras e domingos, das 15h às 15h30, com apenas um visitante para cada paciente. Troca de acompanhantes entre 19h e 19h30
    • As visitas à Unidade de Terapia Intensiva Neonatal/Pediátrica ocorrerão, preferencialmente, para a mãe lactante, nos momentos da amamentação. Apenas a presença dos pais será permitida.
    • As cirurgias eletivas estão suspensas (a partir de 17/03/2020);
    • Os atendimentos de Urgência e Emergência de pacientes oriundos da RUE, regulados pelo SAMU, não sofrerão nenhuma mudança e serão feitos conforme protocolos preconizados pelo Ministério da Saúde e linhas de cuidados recomendados pelos demais órgãos sanitários e da saúde.

    Importante ressaltar que as medidas estão sendo ajustadas periodicamente, conforme necessidade e novas normativas.

     40 

  3. Curumim São Benedito faz “varal solidário” para pacientes do HMTJ

    Leave a Comment

    Curumim São Benedito faz “varal solidário” para pacientes do HMTJ

    Numa iniciativa da Coordenadora Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos São Benedito (Curumim São Benedito), Fabiana Reis Oliveira, os pacientes e acompanhantes do Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus (HMTJ) iniciaram a semana mais felizes com muitas mensagens vindas de pequenos corações cheios de amor para compartilhar.

    Fabiana está com um familiar internado no HMTJ e teve a ideia de levar às crianças e adolescentes proveniente de famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social, a proposta de voltar uma das atividades de convivência realizadas no espaço dedicado ao projeto no Curumim São Benedito para os pacientes do Hospital. Um tipo de “varal da solidariedade” foi montado numa das enfermarias do Hospital com desenhos, colagens e frases feitas pelos pequenos e dedicados especialmente aos pacientes do HMTJ. O objetivo da atividade, segundo Fabiana explicou, foi trabalhar o percurso “Conhecendo a si e construindo valores” dentro do projeto “Habilidade social com foco na empatia e afetividade” em tono de temas Saúde e Bem estar.

    O resultado foi uma emoção para o Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) e para a Assistente Social do HMTJ, Adriana Stehling, que acolheram a iniciativa tão gentil e carinhosa das crianças e da coordenadora da entidade. Mesmo não podendo estar fisicamente no Hospital, todos entenderam perfeitamente o momento de quem está internado para se tratar ou cuidar de um ente querido, enviando mensagens de fé e força.

    “Este trabalho está inserido nas ações desenvolvidas pelo Grupo de Trabalho de Humanizaçao (GTH), que reúne uma série de atividades de autocuidado, inclusão social e humanização. As mensagens e desenhos feitos pelas crianças do Curumim São Benedito trazem alegria, confiança e leveza aos pacientes e acompanhantes. Mensagens positivas são capazes de transformar o dia de alguém, principalmente vindo do carinho de crianças, que são repletas

     38 

  4. Paciente ganha aparelho para ser tratada em casa

    Leave a Comment

    Paciente ganha aparelho para ser tratada em casa

    Uma história que dá orgulho de contar, ainda mais às vésperas do Natal…

    Parte dos colaboradores do HMTJ e pessoas da comunidade se solidarizaram com a iniciativa da equipe da Fisioterapia do Hospital para fazer diferença na vida da paciente Raissa. A menina tem diagnóstico de paralisia cerebral e deu entrada no hospital por conta de uma pneumonia. Na última semana, a fisioterapeuta Yasmin Magalhães, que estava acompanhando o caso, tomou conhecimento que a paciente já estava para receber alta. Uma alegria e muita ansiedade, pois a mãe da paciente, Doralice, em uma conversa informal, desabafou que não sabia como iria proceder em casa, pois ela não teria suporte financeiro suficiente para manter a filha em tais condições sem auxílio total do município.

    Está em falta para ser prontamente alocado na paciente, um dos aparelhos que seriam fornecidos gratuitamente pela Prefeitura. O equipamento, um aspirador a vácuo de secreção pulmonar, tem grande demanda no SUS e faria o suporte indispensável no caso da paciente Raissa. A solução seria prolongar a estadia dentro do HMTJ. Mas por iniciativa de Yasmim começou uma campanha interna para adquirir o aparelho para que Raissa e Doralice pudessem ir para casa o quanto antes. Pelo grupo de Whatsapp do Serviço de Fisioterapia do HMTJ foi disparada uma mensagem solicitando doações para aquisição do aparelho. Rapidamente, muitos se mobilizaram, tanto do grupo da Fisioterapia, quanto enfermeiros e residentes da Medicina. Paralelamente, outra fisioterapeuta, Caroline Americano, solicitou ajuda a outros conhecidos e a história também comoveu a equipe do serviço de Fisioterapia do Hospital Ascomcer, representado pelo fisioterapeuta Gustavo Ciryllo. Resultado: eles quiseram fazer a doação do aparelho para ajudar a paciente.

    Raissa e sua mãe já receberam o aspirador portátil e aguardam os tramites burocráticos para a alta hospitalar. Tomara que consigam passar o Natal em casa. O Serviço de Fisioterapia do HMTJ e familiares de Raissa agradecem a todos os envolvidos, em especial ao serviço de Fisioterapia do Hospital Ascomcer, por contribuírem com uma causa tão nobre.

     49